Tratado de Kadesh: o primeiro tratado de paz da História

escrita cuneiforme de kadesh
Tratado de Kadesh. Registro fotográfico por Giovanni Dall’Orto. Diploma internacional constante no Museu de Arqueologia de Istambul, Turquia.

A histórica Batalha de Kadesh levou os exércitos egípcio e hitita à ratificação do mais antigo tratado de paz registrado. Ocorrida em 1275 a.c., na atual Síria, a batalha testemunhou o todo-poderoso faraó Ramsés II e o rei hitita Muwatali celebrarem o fim das ofensivas, assim como o vínculo de ajuda mútua, no qual ambos os Estados prometeram auxílio de tropas em caso de invasão por parte de terceiros. Tal tratado é marcado pela igualdade dos polos e logo teria dado origem direta a diversos outros nas mais diferentes esferas de interesse.

Sobre a batalha, esta contou com um número espetacular de carros de guerra (“bigas” com arqueiros), ao alcançar aproximadamente o número de 7.000, sendo 3.500 carros para cada um dos lados beligerantes.

O evento também foi marcado pelo comando estratégico superior de Ramsés II minado pela qualidade superior das armas hititas, que eram feitas de ferro e não de bronze como as egípcias. Nesta batalha, por pouco o faraó não se tornou múmia mais cedo.

REFERÊNCIAS:
ANDRÉ, Marcos. 1º Registro – tratado de paz documentado feito no sec. 13 a.C.. Acesso em: 14 abril 2014.
GILBERT, Adrian. Enciclopédia das Guerras: Conflitos Mundiais Através do Tempo. trad. Roger dos Santos. São Paulo: M. Books, 2005.
NEWARK, Tim. História Ilustrada da Guerra: Um estudo da evolução das armas e das táticas adotadas em conflitos, da Antiguidade à Guerra de Secessão dos Estados Unidos, no século XIX. trad. Carlos Matos. São Paulo: Publifolha, 2011.