Júlio Neubronner e seus pombos fotógrafos

Júlio Neubronner segurando um pombo e uma câmera fotográfica
Júlio Neubronner com câmera fotográfica e pombo. Créditos: Museu do Ar e Espaço, Washington, D.C., Estados Unidos.

Além de reconhecidos como bons mensageiros e símbolo da paz, os pombos também serviram ao homem como fotógrafos aéreos, ainda que a qualidade das câmeras de sua época áurea de registros fosse limitada. A invenção recai sobre o alemão Júlio Neubronner que a patenteou em 1908. Seu dispositivo funcionava mediante mecanismo de tempo, que disparava uma sequência de cliques algum tempo após a ave alçar voo.

Neubronner, apresentando-se em diversos países e tomando grande notoriedade internacional para si, desenvolveu a tecnologia após fazer entregas de medicamentos na Alemanha através de pombos, ocasião em que o médico percebeu que pequenas câmeras também poderiam ser alocadas aos animais para captura de imagens aéreas.

três pombos fotógrafos empalhados
Três pombos fotógrafos posando como modelos, possivelmente empalhados.
Créditos: Museu do Ar e Espaço, Washington, D.C., Estados Unidos.

O invento barateou e popularizou o preço das fotografias, porquanto o emprego de balões de ar quente demandava relevante soma de capital, diferentemente dos pombos que faziam o trabalho rápido, barato e sem dependência do vento e clima, mesmo que o mecanismo funcionasse com temporizador. Júlio Neubronner também angariou grande fortuna com a venda de cartões postais.

Com fotografias fiéis em mãos, os mapas se tornaram mais elaborados e técnicos, o que, por exemplo, tornou mais fácil visualizar e planejar os processos de arquitetura e urbanização das cidades, assim como encontrar a exata localização e identificação das unidades inimigas durante a guerra.

Confira algumas das fotos de Neubronner:

pombo fotógrafo
Pombo com câmera fotográfica acoplada ao peito e pronto para decolar.
Créditos> Arquivo Federal Alemão, ID: 183-R01996.
fotografia aérea feita por pombo fotógrafo
Registro aéreo realizado por pombo.
Créditos: Museu do Ar e Espaço, Washington, D.C., Estados Unidos.
fotografia aérea feita por pombo fotógrafo
Verifica-se partes das asas da ave responsável pelo voo.
Créditos: Museu do Ar e Espaço, Washington, D.C., Estados Unidos.
fotografia aérea feita por pombo fotógrafo
Mais um registro feito com a ajuda dos animais.
Créditos: Museu do Ar e Espaço, Washington, D.C., Estados Unidos.
REFERÊNCIAS:
Daily Mail. Now that’s a bird’s eye view: Amazing aerial photos from 1908 taken by fitting mini cameras to PIGEONS. Acesso em: 7 ago. 2014.
GORZONI, Priscila. Animais nas Guerras: A força do exército de bichos nas grandes batalhas da História. São Paulo: Matrix, 2010.
MADRIGAL, Alexis C.. Old, Weird Tech: Dr. Neubronner’s Patented Miniature Pigeon Camera. Acesso em: 9 ago. 2014.
MARTON, Fábio. A fauna das trincheiras. Revista Aventuras na História, São Paulo, n. 87, p. 50-55, out. 2010.
Autor: Eudes Bezerra

30 anos, pernambucano arretado e graduado em Direito. Diligencia pesquisas sobre História Militar, Crime Organizado e Sistema Penitenciário (além de tudo que consta no site). Gosta de ler, escrever e planejar (enlouquece quando o plano dá certo!). Na Internet, atua de capacho a patrão, enfatizando a criação de conteúdo.

Publicações de Eudes Bezerra
Top