O ataque da Brigada Ligeira Britânica, 1854

pintura brigada de cavaleiros rumo ao vale da morte
“Talvez nenhum outro evento militar resuma melhor a guerra do século XIX do que o tragicamente fútil ataque da Brigada Ligeira Britânica durante a Guerra da Crimeia. As armas e o posicionamento superior do inimigo, associados à arrogante ingenuidade do comandante britânico, resultaram no massacre insensato de centenas de bravos cavaleiros” – Adrian Gilbert.
Créditos: “Rumo ao Vale da Morte”, de Richard Caton Woodville.

A pintura em tela, conhecida como a “Carga da Brigada Ligeira” ou “Rumo ao Vale da Morte”, de Richard Caton Woodville, buscou retratar um dos maiores fiascos da história militar, quando erroneamente a carga de cavalaria leve britânica investiu contra o principal exército russo na Batalha de Balaclava, durante a Guerra da Crimeia (1853-1856). O erro fora algo tão grosseiro que os russos acreditaram que os britânicos estivessem bêbados ou loucos.

No lugar de contra-atacar um pequeno contingente russo que debandava, a brigada de cavalaria britânica liderada pelo lorde Cardigan voou contra a principal linha de artilharia do império russo, para logo em seguida retroceder pelo mesmo vale e sob os mesmos disparos de canhões.

Dos 673 cavaleiros que iniciaram a contraofensiva, estima-se que cerca de 350 não retornaram, ao passo que muitos outros morreram em decorrência dos ferimentos. O número de cavalos mortos ultrapassou quinhentos.

O ataque realizado em 25 de outubro de 1854, embora até visto como heroico, revelou-se um completo desastre e ainda hoje não se definiu que erro grosseiro determinou a investida — cogitam-se os mais diversos, como a ordem mal transmitida ou interpretada, a arrogância do oficialato ou mesmo a burrice do comandante.

O malsucedido ataque custou a vida de um dos melhores destacamentos de cavalaria da Europa.

REFERÊNCIAS:
CAWTHORNE, Nigel. As Maiores Batalhas da História: Estratégias e Táticas de Guerra que Definiram a História de Países e Povos. trad. Glauco Dama. São Paulo: M. Books, 2010.
GILBERT, Adrian. Enciclopédia das Guerras: Conflitos Mundiais Através do Tempo. trad. Roger dos Santos. São Paulo: M. Books, 2005.
NEWARK, Tim. História Ilustrada da Guerra: Um estudo da evolução das armas e das táticas adotadas em conflitos, da Antiguidade à Guerra de Secessão dos Estados Unidos, no século XIX. trad. Carlos Matos. São Paulo: Publifolha, 2011.
Autor: Eudes Bezerra

31 anos, pernambucano arretado e graduado em Direito. Diligencia pesquisas especialmente sobre História Militar, Crime Organizado e Sistema Penitenciário (além de tudo que consta no site). Gosta de ler, escrever e planejar. Na Internet, atua de capacho a patrão, enfatizando a criação de conteúdo.

Publicações de Eudes Bezerra
Top