La mano de Dios de Diego Maradona na Copa do Mundo de 1986

jogador botando a mão na bola
“Lo marqué un poco con la cabeza y un poco con la mano de Dios” (Marquei um pouco com a cabeça e um pouco com a mão de Deus). – Diego Maradona. Créditos: autoria conflitante entre Alejandro Ojeda Carbajal e Robert “Bob” Thomas, como mais explicado no texto.

Jogando maravilhosamente bem com os pés e malandramente com as mãos na Copa do Mundo de 1986, Diego Maradona ajudou a seleção argentina a conquistar seu segundo título mundial usando uma de suas mãos — ou melhor: con la mano de Dios (com a mão de Deus).

A histórica fotografia ocorreu nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986, no México, onde as seleções da Argentina e Inglaterra se enfrentaram. Logo no início do segundo tempo, Maradona partiu em velocidade driblando os zagueiros ingleses, para dividir bola aérea com o goleiro britânico Peter Shilton.

Apesar da evidente diferença de altura entre Shilton e Maradona, este, maliciosamente, desviou a bola com a mão esquerda e abriu o placar para a Argentina. Aos ingleses só restou lamentar, pois o juiz não viu a infração argentina.

Após o jogo, quando perguntado sobre o gol, o lendário camisa 10 da Argentina polemizou:

Lo marqué un poco con la cabeza y un poco con la mano de Dios”. (Marquei um pouco com a cabeça e um pouco com a mão de Deus).

La Mano de Dios teve um gosto bem peculiar para os envolvidos no jogo, principalmente para os argentinos: poucos anos antes, em 1982, a Argentina e o Reino Unido travaram a Guerra das Malvinas (ou Guerra das Falklands). O evento encontrou seu termo final com a vitória dos europeus sobre os sul-americanos.

A disputa pela autoria da foto

Ainda, a fotografia que cristalizou o momento do toque de mão de Diego Maradona também gerou discussões acerca de sua autoria, por causa da incrível semelhança entre fotos de fotógrafos diferentes — uma do mexicano Alejandro Ojeda Carbajal e outra de Robert “Bob” Thomas.

A semelhança entre os registros é tamanha que se diz que é impossível que tenha sido tirada por pessoas diferentes. O assunto é um mistério e nem a agência que assina a imagem, a Getty Images, se explica decididamente o fato.

Diego Maradona e la mano de dios
Maradona prestes a interferir a trajetória da bola com a mão.
Créditos: Getty Images, 16 de junho de 1986.
REFERÊNCIAS:
FIFA. Os pés de um gênio e a “mão de Deus”. Acesso em: 16 maio 2014.
GILBERT, Adrian. Enciclopédia das Guerras: Conflitos Mundiais Através do Tempo. trad. Roger dos Santos. São Paulo: M. Books, 2005.
PATRICIO, YANINA. Dos fotógrafos se disputan la famosa foto “la mano de Dios”. Acesso em: 16 maio 2014.
UOL. México 1986: O Mundial de Maradona. Acesso em: 16 maio 2014.
Autor: Eudes Bezerra

31 anos, pernambucano arretado e graduado em Direito. Diligencia pesquisas especialmente sobre História Militar, Crime Organizado e Sistema Penitenciário (além de tudo que consta no site). Gosta de ler, escrever e planejar. Na Internet, atua de capacho a patrão, enfatizando a criação de conteúdo.

Publicações de Eudes Bezerra
Top