Frases famosas e a sua origem em resumos rápidos!

frases famosas e a sua origem
Frases e termos famosos, conheça a sua origem. Créditos: Karl Briullov / Fotomontagem: Eudes Bezerra.

Frases famosas, termos curiosos ou expressões até comuns, mas que têm um significado incrível quando revelada a sua origem.

Às vezes se trata de um fato de grande relevância do passado ou mesmo de nascimento mitológico, outras vezes é pura mentira… Aqui, nesta matéria, construiremos uma longa lista com diversas curiosidades do mundo sobre frases e termos famosos (esperamos que goste!).

Caso queira se aprofundar, a referência principal de cada curiosidade se encontra imediatamente ao seu fim, sendo sempre que possível mediante links para o site da Amazon.

Por que Amazon? Porque comprando livros físicos ou digitais (ebooks) através dos nossos links, você nos ajuda (e sem pagar nada por isso). Somos afiliados do site e ganhamos uma pequena comissão por cada venda.

Dessa forma, caso seja do interesse, você pode adquirir um bom livro e nos ajudar.

Sem mais conversa, segura essa tijolada sobre frases famosas!

SUMÁRIO

#1 Chame alguém de vândalo com propriedade!


FRASES FAMOSAS #1: OS VÂNDALOS SAQUEIAM ROMA!

saque vândalo a roma
Genserico saqueia Roma (1833-1836), de Karl Briullov, onde se busca retratar o Saque de Roma pelos Vândalos no ano de 455. Obra constante na Galeria Estatal Tretyakov, em Moscou, Rússia.

Atualmente conhecido como alguém que arbitrariamente destrói ou danifica propriedades, o termo vândalo encontra sua origem em um povo bárbaro de origem germânica e contemporâneo ao Império Romano, os Vândalos.

Em 2 de junho de 455, os guerreiros vândalos, liderados pelo hábil Genserico, invadiram a cidade de Roma em uma façanha notória, quando transpuseram o mar Mediterrâneo com número extraordinário de embarcações a fim de saques na Península Itálica.

Em Roma, além de executar uma pilhagem implacável, sequestraram a imperatriz Licínia Eudóxia e suas filhas.¨

Embora a Cidade Eterna (Roma) já tivesse sido alvo de saques por duas vezes – com os gauleses em 387 a.C. e os visigodos em 410 –, a ação dos Vândalos foi considerada particularmente violenta e destrutiva, o que forneceu subsídios para que a crença cristã os tornasse sinônimo de destruição e barbárie.

REFERÊNCIA PRINCIPAL:
ADDIS, Ferdie. A Caixa de Pandora: As curiosas histórias da mitologia por trás de expressões do nosso dia a dia. trad. Pedro Câmara. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2012.

Próxima atualização: 19 de junho/2020.

Autor: Eudes Bezerra

32 anos, pernambucano arretado, bacharel em Direito e graduando em História. Diligencia pesquisas especialmente sobre História Militar, Crime Organizado e Sistema Penitenciário (além de tudo que consta no site). Gosta de ler, escrever e planejar. Na Internet, atua de capacho a patrão, enfatizando a criação de conteúdo.

Publicações de Eudes Bezerra
Top