Brasil declara guerra à Alemanha em 1917

Venceslau Brás declara guerra em 1917
Venceslau Brás declara guerra em 1917. Créditos: acervo Plínio Doyle.

Após três anos do início da Primeira Grande Guerra, o Presidente da República, Venceslau Brás Pereira Gomes, declarou guerra à Alemanha do kaiser Guilherme II em outubro de 1917. Ao seu lado na fotografia, o Ministro interino das Relações Exteriores, Nilo Peçanha (ex-Presidente), e Delfim Moreira (futuro Presidente).

Após três anos do início da guerra e do torpedeamento de embarcações brasileiras pela Marinha de Guerra Alemã, foi finalmente dada uma resposta brasileira ao governo alemão. Contudo, a participação brasileira na Grande Guerra se restringiu ao envio de assistência médica à Tríplice Entente, missões de patrulhamento no Oceano Atlântico, entre outras pequenas atividades.

Para o Brasil, a Primeira Guerra Mundial acabou sendo viável financeiramente, quando o país lucrou bastante com a venda de algumas matérias-primas, como a borracha. Também lhe serviu para fortalecer vínculos comerciais e políticos com países estrangeiros, assim como atrair novos investimentos.

REFERÊNCIAS:
SODRÉ, Nelson Werneck. História Militar do Brasil. 2 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.
UOL. Presidentes do Brasil. Acesso em: 29 maio 2014.
VINCENTINO, Cláudio; DORIGO, Gianpaolo. História Geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2002.