Ruy Barbosa, o Falcão de Haia

Ruy Barbosa
Ruy Barbosa, 1919. Créditos: Fitz Gerald.

Advogado, diplomata, político, jornalista, ensaísta e exímio orador… Ruy Barbosa de Oliveira, o nosso Ruy Barbosa, tornou-se mundialmente conhecido por sua sabedoria, caráter e humildade.

1 ORIGEM

Baiano arretado, nasceu no dia 5 de novembro de 1849, em Salvador, onde se formou em jornalismo e deu início a sua brilhante carreira. Iniciou seus estudos jurídicos no Recife, transferiu-se às cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e posteriormente ao mundo.

Homem simples que aprendeu com seu pai, João Barbosa de Oliveira, os valores da boa leitura e do estudo sistemático, científico.

2 VIDA

Juntamente com o recifense Joaquim Nabuco, lutou pela abolição da escravidão, defesa do sistema federativo e foi membro fundador da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Declamou poesias com seu conterrâneo, Castro Alves, e, com a coragem dos grandes heróis, não pestanejou em desafiar poderosos políticos, marechais e coronéis do Império do Brasil e da República Oligárquica Brasileira.

Foi exilado, residiu em diversos países , mas retornou à terra que amava, o Brasil. O povo o fez Deputado, Senador, Ministro e candidato à Presidência da República.

Em 1907, durante a conturbada Paz Armada em que o mundo se preparava para a Primeira Guerra Mundial (1914–1918), representou o Brasil na II Conferência da Paz, em Haia, na Holanda, de onde saiu apelidado de “O Águia de Haia”.

3 RUY BARBOSA, O FALCÃO DE HAIA

Em 1921 foi indicado como juiz à prestigiada Corte Internacional de Haia, o que certamente seria o ápice da carreira de todo jurista-diplomata, mas recusou.

4 MORTE

A notícia de sua morte, em 10 de março de 1923, espalhou-se rapidamente por todo o planeta, tamanha era a sabedoria e humildade que Ruy Barbosa de Oliveira requeria…

REFERÊNCIA(S):
BRAICK, Patrícia Ramos; MOTA, Myriam Becho. História: das cavernas ao terceiro milênio. 3ª ed. reform. e atual. São Paulo: Moderna, 2007.
VINCENTINO, Cláudio; DORIGO, Gianpaolo. História Geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2002.
Autor: Eudes Bezerra

30 anos, pernambucano arretado e graduado em Direito. Diligencia pesquisas sobre História Militar, Crime Organizado e Sistema Penitenciário (além de tudo que consta no site). Gosta de ler, escrever e planejar (enlouquece quando o plano dá certo!). Na Internet, atua de capacho a patrão, enfatizando a criação de conteúdo.

Publicações de Eudes Bezerra
Top